top of page

Machine learning e deep learning: qual a diferença?

Você fica assustado quando as pessoas falam sobre o uso de inteligência artificial nas empresas? Pois bem, hoje vamos te mostrar como o machine learning e o deep learning são imprescindíveis para o progresso do seu negócio.


Até porque esses dois tópicos fazem parte do que chamamos de inteligência artificial e vêm sendo implementados nas atividades do dia a dia de diversos setores.


Por isso, vale a pena se familiarizar com o tema e entender como ele pode impactar no seu negócio, estando à frente da sua concorrência e aproveitando as oportunidades do mercado com o mundo da tecnologia.


Entendendo a inteligência artificial


A inteligência artificial nada mais é do que a capacidade das máquinas de realizarem atividades feitas por seres humanos de forma autônoma, tomando suas próprias decisões. Dessa maneira, ela possui um comportamento inteligente que se assemelha ao pensamento humano.


Essas automações reduzem custos e trazem mais velocidade para a rotina dos colaboradores, que agora não precisam perder tempo com algumas atividades.


Inclusive, segundo uma pesquisa da Accenture, 84% dos executivos de grandes empresas acreditam que a utilização da inteligência artificial é fundamental para atingir o objetivo dentro de um negócio.


Por isso, ela é usada como forma de potencializar os resultados esperados e economizar tempo, melhorando o desempenho de toda a equipe, desde a gestão até a execução.

Mas vamos ao que interessa, confira o próximo tópico e saiba mais sobre o assunto!


Entenda o que é machine learning e deep learning


Por mais que sejam termos não tão conhecidos por empreendedores tradicionais, ambos já são tendências dentro de mercados de diversos setores.


O Machine Learning ou aprendizado de máquina é um dos pontos da inteligência artificial. Ele permite que as atividades sejam mais precisas por meio de soluções de programação da máquina.


Como o nome já diz, ela passará por um processo de aprendizagem durante o seu uso, ou seja, absorverá as informações alimentadas com o passar do tempo em cada atividade. Dessa maneira, a máquina irá aprender a compreender os novos dados e assim determinar novas respostas e ações.


Já o Deep Learning por sua vez também faz parte da inteligência artificial. Ele traz a mesma forma de compreensão humana para a realidade das máquinas do anterior, mas faz com que elas simulem atitudes e automatizem atividades de uma forma mais complexa.


Por mais que pareçam a mesma coisa, o Deep Learning e o Machine Learning são bastante diferentes. A frase é estranha, mas o conceito nem tanto. Vamos a eles.


Enquanto o primeiro está relacionado a toda prática de captar os algoritmos para compreender dados e detectar padrões que serão analisados posteriormente pelos cientistas, o segundo é extremamente intuitivo e não precisa de intervenção humana, selecionando e executando assim os recursos automaticamente.


Inclusive, já existem várias empresas que oferecem técnicas dos dois mecanismos para a realidade dos negócios de diversos portes.


Por exemplo, aqui na Myndware, utilizamos as tecnologias da inteligência artificial para desburocratizar e organizar a vida das pessoas com a gestão inteligente de documentos. É um processo que eleva a produtividade dos times de trabalho, transformando as tarefas repetitivas do dia a dia, além de poder eliminar o uso de papéis.


Se você quiser saber mais como o deep learning e o machine learning podem ajudar a sua empresa, entre em contato conosco.


Siga o nosso Instagram e confira outros conteúdos de tecnologia e automação.





9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page